Marcações: Gaia: 223 754 351 * Feira: 256 802 348 *
Agendar Consulta
Marcação de Consulta
Medicina Dentária

O que são Aftas? Conheça os sintomas, as causas e os tratamentos para este problema

Maria Inês Mateus Médica Dentista, laserterapia

O aparecimento de Aftas é um problema muito comum. Apesar de parecerem irrelevantes, podem provocar grandes incómodos. É aí que começa a procura por saber mais sobre Aftas.

Conhecer o que são ao certo, os sintomas e como tratar permite entender e lidar melhor com o problema. Saber também como pode ser prevenido ajuda ainda a evitar o incómodo que provoca.

Se sofre com este problema, este artigo é para si – reunimos todas as informações para enfrentar o problema da melhor maneira.

Em que consistem as Aftas?


As Aftas são pequenas lesões/úlceras que aparecem na boca, de caráter benigno. Regra geral, são fáceis de identificar pelo relevo que formam em relação ao tecido circundante. Por dispensarem uma natureza infecciosa, são intransmissíveis.

Podem surgir em várias zonas da mucosa oral: é possível ter Aftas na língua, gengivas, lábios, palato ou até garganta. Pode ainda ser:

  • Mais redondas ou achatadas;
  • Brancas ou avermelhadas;
  • Individuais ou grupais.
     

Que tipos de Aftas existem?


É possível distinguir estas lesões segundo o local onde aparecem, o seu formato, tonalidade e o seu surgimento individual/em grupo. Os tipos mais comuns são:

  • Aftas minor ou do tipo menor: são as mais comuns e costumam aparecer nos tecidos mais moles, como língua ou interior dos lábios, de forma isolada. São pequenas, até cerca de 7mm de diâmetro, arredondadas e circunscritas por um limite avermelhado;
  • Aftas major ou do tipo maior: são úlceras um pouco maiores, até aos 30mm de diâmetro. Tendem a surgir nos lábios, língua, bochechas ou em zonas do palato. São mais profundas e apresentam limites mais irregulares;
  • Estomatite aftosa: surgem agrupadas, cada uma com cerca de 1mm de diâmetro. Podem aparecer em qualquer local da mucosa oral.

Que sintomas podem surgir com as Aftas?


O principal sintoma associado ao aparecimento destas lesões orais é a dor local, que pode ser incisiva ao ponto de condicionar o processo de mastigação ou até a fala. As do tipo major ou a Estomatite Aftosa tendem a ser mais dolorosas, pelo seu tamanho ou pela associação de várias lesões.

Durante a sua evolução, podem provocar outras queixas, como:

  • Ardor local;
  • Inchaço localizado;
  • Vermelhidão;
  • Formigueiro.
     

Quais são as causas do aparecimento das Aftas?

As razões para o surgimento destas lesões orais são pouco conhecidas ou difíceis de identificar. Pensa-se que podem derivar da correlação entre várias causas. Uma delas é o enfraquecimento do sistema imunitário.

Assim, podem surgir com maior frequência em pessoas que:

  • Sofram de doenças imunológicas;
  • Tomem medicamentos com impacto nas defesas do organismo (como imunossupressores);
  • Sigam uma dieta carente de vitaminas essenciais (B12 ou C) ou de outros componentes que fortalecem a imunidade (como zinco, ferro e ácido fólico).


Algumas evidências sugerem ainda que o stress pode provocar o surgimento de Aftas, também pelo efeito negativo que tem sobre o sistema imunitário.

Outros factores podem aumentar a probabilidade dos episódios aftosos, como:

  • Alterações hormonais (por exemplo durante o ciclo menstrual);
  • Ingestão frequente de certos alimentos, em especial os que contêm componentes alergénicos (como chocolate ou nozes);
  • Heranças genéticas ou hereditárias;
  • Alterações do pH da boca (por exemplo, graças a situações de refluxo gástrico).


Por fim, também o uso de Aparelho Dentário pode provocar Aftas, bem como rotinas de escovagem dentária demasiado vigorosas, pelo risco aumentado de traumatizar as mucosas orais.

O que fazer perante o aparecimento de Aftas?


Dado serem benignas, as lesões aftosas são inofensivas. Além disso, a grande maioria acaba por desaparecer de forma espontânea, ao fim de cerca de 10 dias. Logo, nem sempre precisam de acompanhamento.

No entanto, como vimos, podem estar relacionadas com alguns problemas do sistema imunitário ou com carências nutricionais. Isto é mais provável quando as lesões:

  • São muito frequentes;
  • São muito dolorosas;
  • Se prolongam por mais do que 2/3 semanas;
  • São incapazes de cicatrizar.


Por isso, nestes casos é importante procurar acompanhamento médico, para tentar perceber as razões que podem estar por detrás do problema e resolvê-la.

Nas situações de lesões agrupadas e muito dolorosas, como as de Estomatite Aftosa, procurar ajuda especializada (por exemplo, com um dentista) é importante também para controlar e reduzir a sintomatologia.

Como se tratam as Aftas?


Por vezes, podem ser usados fármacos ou outros produtos, como soluções antisséticas ou anti-inflamatórias de aplicação tópica, para reduzir o incómodo, a dor e o risco de inflamação das lesões. Alguns elixires podem também aliviar o desconforto.

É possível ainda utilizar a Laserterapia para tratar Aftas, em especial se forem recorrentes ou persistentes. Trata-se de um procedimento inovador e tecnológico que permite acabar mais rápido com o desconforto sentido e promover a eliminação da lesão. Para isso, emite uma luz laser direcionada que incide sobre o local da Afta e é absorvida pelos tecidos orais. Como resultado, o processo de cicatrização é acelerado, apresentando resultados de alívio, a maioria das vezes, imediatos.

Graças a esta forma de atuação, este procedimento traz outras vantagens:

  • É Indolor
  • É seguro, dispensando complicações;
  • Evita o uso de pontos de sutura;
  • É muito confortável;
  • Reduz o risco de infecção.
     

O que fazer para prevenir o aparecimento de Aftas?


Uma vez que o problema pode resultar de doenças do sistema imunitário e de fatores hereditários/genéticos, nem sempre é possível evitá-lo.

Contudo, existem algumas recomendações a seguir para reduzir o risco do seu aparecimento. São elas:

  • Seguir uma dieta equilibrada, com elevado teor vitamínico;
  • Tentar perceber qual ou quais os alimentos que provocam o seu aparecimento;
  • Evitar alimentos alergénicos;
  • Encontrar métodos de gestão de stress;
  • Realizar uma escovagem adequada (para evitar traumas orais).
     

Onde procurar ajuda para acabar com as suas Aftas?


Agora que já sabe o que são estas lesões, por que surgem e como as tratar, é importante que escolha um local de confiança para acompanhar o seu caso, caso seja necessário.

Na Medway temos os melhores meios de diagnóstico para avaliar a origem do seu quadro clínico. Além disso, realizamos os tratamentos mais vantajosos e tecnológicos, como a Laserterapia, para encarar o problema.

Contacte-nos e perceba como podemos ajudar a eliminar as Aftas que comprometem o seu bem-estar.

Artigos recentes

Cuidados especiais com a saúde oral nos meses frios: como cuidar dos dentes no inverno?

Neste artigo, fique a saber como manter a saúde oral no inverno e os cuidados a ter com os dentes nos meses frios.

Saber mais
A idade certa para colocar botox: saiba quando pode ou deve realizar o tratamento

Em que idade se deve aplicar botox? Será que existe uma altura ideal? Conheça aqui todas as respostas agora e saiba quando realizar o tratamento.

Saber mais
Como funciona o implante de carga imediata? Tudo o que deve saber sobre o tratamento

Entenda como ter dentes novos num dia com um implante de carga imediata! Leia este artigo, conheça as vantagens e quem pode realizar o tratamento.

Saber mais