O Tratamento com Aparelho Invisalign funciona mesmo?

Que o Aparelho Invisalign, com os seus alinhadores transparentes, é discreto, cómodo e prático é inegável. De facto, essas são (apenas) algumas das razões que o fazem ganhar cada vez mais pontos em relação a outros Aparelhos Ortodônticos.

Mas será mesmo eficiente, conseguindo alcançar os resultados esperados? Esta é a principal questão de quem pondera iniciar um tratamento como este.

Para que dissipe as suas dúvidas, hoje vamos dar-lhe todos os esclarecimentos sobre o assunto.
 

O sucesso do Invisalign comprovado por quem já usou

As vantagens do Invisalign, aliadas aos constantes aperfeiçoamentos na sua técnica de correção ortodôntica, fazem dele um produto líder, escolhido por milhões de pessoas em todo o mundo!

 

Esta experiência positiva que proporciona ao longo do tratamento é comprovada por um estudo americano, que concluiu que a taxa de satisfação dos pacientes com Invisalign atingia os 96%!

 

Mas, mais importante que as vantagens que traz para a vida dos pacientes, são os resultados que consegue alcançar – esse é o indicador máximo de eficiência.

Alguns estudos sugerem que o Invisalign, em especial com os aperfeiçoamentos mais recentes, é mais eficaz na correção ortodôntica quando comparado com outras opções, entre as quais as mais tradicionais, com especiais melhorias a nível estético e quanto ao processo de alimentação.
 

4 Fatores que contribuem para a eficiência do Invisalign

1. Tecnologia própria e avançada

Quando escolhe fazer um tratamento com Invisalign deve saber que todas as etapas do processo são realizadas com recursos tecnológicos de última geração que auxiliam tanto no processo de diagnóstico do problema a tratar como na definição do plano e monitorização da evolução.

O principal recurso diz respeito ao software ClinCheck, que permite obter imagens 3D das arcadas dentárias para facilitar a avaliação do problema e a identificação dos dentes que precisam de ser movidos, além de possibilitar a visualização do resultado esperado, logo no início do processo.

Também os alinhadores contam com uma tecnologia SmartTrack que facilita o reposicionamento dos dentes.
  

2. Planeamento pormenorizado

Um tratamento com Invisalign é planeado de forma rigorosa e detalhada do início ao fim.

Primeiro, com o estudo ortodôntico, recorrendo a vários exames como radiografias ou ortopantomografias, definem-se as necessidades específicas do paciente, isto é, quais os dentes que precisam de intervenção.

Depois, determinam-se as forças necessárias a aplicar em cada local e em cada fase do processo para alcançar o resultado esperado, assim como as direções das mesmas. Isto permite individualizar o tratamento, tornando-o mais eficiente.
 

3. Aplicação controlada das forças

O Invisalign, tal como outros Aparelhos Ortodônticos, aplica forças nos dentes para os movimentar. Contudo, fá-lo de forma mais controlada, graças aos alinhadores, levando a que as estruturas dentárias se desloquem de forma gradual até à posição desejada, com base no planeamento.

Isto é, os alinhadores fazem mais do que encaixar nos dentes – aplicam as forças determinadas nos pontos específicos definidos, contribuindo para o sucesso do tratamento, bem como para o atingir mais rápido.

Em certos casos, é possível até usar dispositivos extra, os attachments smartforce, que, fixados nos dentes, auxiliam os alinhadores a movimentar os que exigem uma deslocação mais complexa.
 

4. Troca planeada de alinhadores

Os alinhadores com que começa um tratamento Invisalign não são os mesmos com que termina. Ao longo do tempo (de modo geral a cada 1/2 semanas), e com base no planeamento, são trocados, adaptando o processo às mudanças que vai atingindo.
 

Em que casos é mais eficaz?

Os desenvolvimentos que esta solução tem sofrido tornam-na, hoje, ideal para muitas situações clínicas, das mais simples às mais complexas.

Mas saiba que, regra geral, o Invisalign costuma ser mais eficaz nos seguintes casos:

  • Diastemas;
  • Dentes sobrepostos ou tortos;
  • Prognatismo (projeção da arcada dentária inferior em relação à superior) ou sobremordida (o contrário);
  • Mordida aberta, cruzada ou outros problemas que originam má oclusão.

 

O que pode fazer para potenciar o sucesso do Invisalign

Ainda que, como vimos, o Invisalign seja bastante eficaz em muitos casos, o resultado também pode ser influenciado, em primeiro lugar, pelo próprio organismo e, depois, pelo grau de comprometimento e disciplina dos pacientes ao cumprir determinados cuidados, como por exemplo:

  • Usar os alinhadores pelo tempo recomendado (entre 20 e 22 horas por dia), tirando apenas para comer, beber ou fazer a higienização oral, e trocá-los quando indicado;
  • Comparecer a todas as consultas de rotina;
  • Limpar os alinhadores da forma adequada para evitar deformações;
  • Utilizar as contenções após o término do tratamento para manter o resultado. 

 

Deseja saber mais sobre o Invisalign? A MEDWAY pode ajudar a encontrar respostas

Realizar um tratamento ortodôntico é um processo complexo e de grande responsabilidade, uma vez que é preciso estimular a movimentação dos dentes da forma certa e adequada a cada caso. Além do mais, a aplicação de um tratamento Invisalign exige uma certificação específica.

É, por isso, essencial procurar especialistas com conhecimento e experiência suficientes para lhe proporcionar um tratamento rigoroso, eficiente e seguro. A ajuda que a MEDWAY lhe pode oferecer garante tudo isto, aliado a um processo totalmente personalizado.

Para conhecer todas as condições sobre o Invisalign para o seu caso específico, peça um orçamento.

Dr.ª Daniela Paiva
Diretora Clínica, Médica Dentista, Ortodontia e Odontopediatria
Anterior4 Tipos de Implantes Dentários – quais as diferenças entre eles?
SeguinteImplantes Dentários vs. Próteses Dentárias – entenda as diferenças