Marcações: Gaia: 223 754 351 * Feira: 256 802 348 *
Agendar Consulta
Marcação de Consulta
Medicina Dentária

Ortodontia Preventiva, Ortodontia Intercetiva e Ortodontia Corretiva – o que são e quais as diferenças?

Daniela Paiva Diretora Clínica, Médica Dentista, Ortodontia e Odontopediatria

Se há aspetos na sua dentição que gostava de mudar, seja por questões estéticas ou de bem-estar, a Ortodontia é a especialidade certa. Mas esta é uma área dividida em diferentes tipologias. Ao saber o que é a Ortodontia Preventiva, a Ortodontia Intercetiva e a Ortodontia Corretiva, as suas linhas de intervenção, vai conseguir entendê-la melhor.

Conhecendo estas informações, também será mais fácil perceber que tipo de Ortodontia poderá ser útil para si.

Neste artigo, vamos explicar tudo sobre as tipologias da Ortodontia para que conheça melhor as suas opções de tratamento, caso decida procurar um.

Para que serve a Ortodontia?

A Ortodontia é uma área da Medicina Dentária que favorece o perfeito alinhamento dos dentes e dos ossos maxilares, beneficiando uma oclusão adequada (encaixe entre os dentes superiores e inferiores). Desta forma, previne, diagnostica e/ou trata problemas que o impeçam.

Ao evitar ou resolver problemas de desalinhamento dentário ou dos maxilares, esta especialidade permite melhorar a saúde oral e o funcionamento da boca, bem como a estética do sorriso.

A Ortodontia pode atuar em várias fases da vida - da infância, à adolescência, até à fase adulta. Assim sendo, pode intervir sobre a dentição de leite (chamada dentição decídua), a dentição definitiva ou na fase de dentição mista, uma etapa de transição entre a primeira e a segunda.

O que é a Ortodontia Preventiva?

A Ortodontia Preventiva visa prevenir ou reduzir o risco de surgirem problemas de desalinhamento dentário e/ou maxilar e de oclusão ao longo da vida. No fundo, o seu papel é promover o normal desenvolvimento das estruturas craniofaciais, em particular as que têm impacto na boca, bem como favorecer a formação adequada da dentição definitiva.

É por isto que o seu principal benefício é evitar que eventuais tratamentos mais longos e/ou mais complexos venham a ser necessários no futuro, para resolver problemas já instalados, além decontribuir para uma boa funcionalidade e estética da boca.

Dada esta perspetiva de prevenção, a Ortodontia Preventiva costuma ser indicada na infância, a partir dos 5/6 anos.

 

O que se faz na Ortodontia Preventiva?

Como forma de prevenir problemas relacionados com os dentes e maxilares a partir da infância, a Ortodontia Preventiva pode englobar diversas técnicas e intervenções, entre os quais:

  • Uso de Aparelhos Ortodônticos removíveis para expandir as estruturas orais e arranjar espaço para a dentição definitiva;
  • Colocação de estruturas removíveis ou fixas para preservar o espaço deixado pela perda de um ou mais dentes de leite, impedindo a deslocação dos adjacentes;
  • Extração de dentes de leite para facilitar o posicionamento dos definitivos;
  • Desgaste leve de alguns dentes para conseguir um correto encaixe entre eles;
  • Tratamento de cáries para manter a saúde dos dentes e maxilares.

Esta tipologia da Ortodontia pode ainda incluir medidas para:

  • Eliminar hábitos que contribuem para o desalinhamento dentário e maxilar – como chuchar no dedo, morder objetos ou usar a chupeta;
  • Identificar disfunções que interferem com o desenvolvimento das estruturas orais - respiratórias ou de dicção.

Em que consiste a Ortodontia Intercetiva?

A Ortodontia Intercetiva diz respeito à intervenção perante um problema já existente de oclusão, desalinhamento dentário ou falta de espaço para os dentes definitivos. O seu principal foco é, então, interromper esse problema, ou impedir a sua evolução, e restabelecer um desenvolvimento normal das estruturas orais.

Neste sentido, o seu principal benefício é resolver a situação assim que é detetada, dispensando a necessidade de tratamentos futuros mais difíceis de executar.

Este é também um tipo de Ortodontia mais praticado em crianças e adolescentes, antes da transição para uma dentição definitiva. Deste modo, aproveita-se de uma fase em que o amadurecimento das estruturas orais ainda está a decorrer, para potenciar os resultados de eventuais tratamentos.

Os problemas mais habituais que a Ortodontia Intercetiva permite resolver são os de mordida (cruzada, aberta ou profunda), que impedem o encaixe perfeito entre os dentes superiores e inferiores ao fechar a boca.

O tratamento mais adequado nesta fase de crescimento para resolver este tipo de problemas é a colocação de Aparelhos Dentários, removíveis ou fixos com ou sem mola, para promover a movimentação e alinhamento das estruturas dentárias.

 

O que distingue a Ortodontia Corretiva?

A função deste tipo de Ortodontia é corrigir problemas de oclusão e/ou de desalinhamento dos dentes já estabelecidos. Contudo, ao contrário da Ortodontia Intercetiva, atua sobre a dentição definitiva ou na fase de troca de dentição. Portanto, pode ser realizada na adolescência ou na fase adulta.

Ortodontia Corretiva pode usar Aparelhos Dentários de vários tipos para resolver o problema existente. A colocação de elementos fixos ou removíveis, metálicos ou plásticos, para exercer forças direcionadas permite alinhar os dentes e os maxilares de forma gradual.

Ao promoverem a movimentação dentária, esta tipologia de Ortodontia resolve casos de:

  • Apinhamento dentário (sobreposição dos dentes);
  • Diastemas (espaços entre os dentes);
  • Desalinhamentos da orientação dos dentes;
  • Desajustes da mordida.

Só em casos mais raros e graves é que a Ortodontia Corretiva usa outros meios mais interventivos, como a extração dentária ou a Cirurgia Ortognática, que reposiciona os ossos maxilares.

Como saber qual a tipologia de Ortodontia certa para cada caso?

Perante um quadro clínico específico, é fundamental o uso do tipo de Ortodontia adequado, para que as necessidades individuais sejam bem respondidas.

Apesar de saber agora as diferenças entre eles, e as fases da vida em que são mais usados, só um especialista em Ortodontia consegue fazer um diagnóstico e o respetivo encaminhamento para o melhor plano clínico.

Na Medway, contamos com Ortodontistas experientes, que usam os recursos de avaliação mais avançados e orientam para a solução mais adaptada a cada caso. Pode marcar uma consulta sem compromisso para saber a tipologia de Ortodontia certa para si.

Beneficie o seu quadro clínico com o nosso expertise.

Artigos recentes

Cuidados especiais com a saúde oral nos meses frios: como cuidar dos dentes no inverno?

Neste artigo, fique a saber como manter a saúde oral no inverno e os cuidados a ter com os dentes nos meses frios.

Saber mais
A idade certa para colocar botox: saiba quando pode ou deve realizar o tratamento

Em que idade se deve aplicar botox? Será que existe uma altura ideal? Conheça aqui todas as respostas agora e saiba quando realizar o tratamento.

Saber mais
Como funciona o implante de carga imediata? Tudo o que deve saber sobre o tratamento

Entenda como ter dentes novos num dia com um implante de carga imediata! Leia este artigo, conheça as vantagens e quem pode realizar o tratamento.

Saber mais