Processo de colocação de Implantes Dentários – entenda como é feito em 4 etapas fundamentais

Colocar Implantes para substituir dentes em falta é muito vantajoso, mas o processo pode provocar alguns receios, já que implica uma cirurgia. É por isso que é fundamental entender como é feito o procedimento de colocação de Implantes Dentários.

Ao saber o que esperar, se tiver de passar pelo tratamento poderá fazê-lo com maior tranquilidade, o que acaba por beneficiar o processo.

Para ajudar, hoje vamos explicar todas as fases da Reabilitação Oral com Implantes Dentários.

 

Qual é o objetivo do procedimento para colocar Implantes Dentários?

Os Implantes Dentários substituem as raízes de dentes perdidos. O intuito é fixar uma Prótese a estes componentes, que imita a coroa dos dentes naturais.

Assim, a colocação de Implantes Dentários tem como principal propósito restituir a dentição e com isso restabelecer a funcionalidade da boca e seu aspeto. Para isso, os Implantes são fixados ao osso maxilar onde há falta de dentes.

Mas este é um procedimento que pode sofrer variações. Uma das principais diferenças está no material usado nos Implantes Dentários e na forma como é feito o procedimento. Primeiro, estes podem ter diferentes composições, desde que sejam compatíveis com o organismo. Depois, o tratamento pode incluir fases variadas consoante o caso. O objetivo deste faseamento é individualizar o tratamento o mais possível, para que responda às necessidades específicas de cada quadro.

 

Pedir Orçamento Gratuito

 

Como é feito o tratamento com Implantes Dentários?

Apesar de a colocação de Implantes Dentários ser um processo individualizado, existem etapas gerais, simples e rápidas, incluídas em todos os casos.

 

1 - Avaliação, planeamento e preparação

Esta é a base para um processo adequado e com bons resultados, com influência na forma como será feito todo o tratamento de colocação dos Implantes Dentários.

O primeiro passo é a análise das expetativas e desejos do paciente, assim como do seu histórico médico. Depois, avaliam-se as suas estruturas orais (ossos, gengivas e dentes), através de exames de diagnóstico como TAC, radiografias e ortopantomografias. Isto é necessário para garantir que existem condições para suportar o Implante na boca.

Com base nas informações obtidas, definem-se os pormenores e restantes fases do tratamento:

  • Número de Implantes a usar;
  • Posição dos Implantes na boca;
  • Técnicas mais indicadas.

É também nesta etapa que se avalia a necessidade de processos de preparação, como a extração de dentes ou o enxerto ósseo, para aumentar a estrutura de sustentação dos Implantes. Se forem necessários, são realizados antes de passar à próxima fase.

 

2 - Fixação do Implante Dentário

A fase da colocação de Implantes Dentários diz respeito à realização da intervenção cirúrgica, com duração de cerca de 1 hora. Todavia, este período pode aumentar consoante o número de Implantes a colocar e a complexidade do caso.

Para que seja possível passar pelo processo sem qualquer dor, é administrada uma anestesia local. Assim sendo, todo o tratamento é realizado sem desconforto.

Com o paciente já anestesiado, é feito um pequeno corte na gengiva, onde o Implante será colocado. Depois, com instrumentos adequados, perfura-se o osso nas dimensões adequadas e coloca-se o Implante. O último passo é a sutura da gengiva. Este processo é repetido as vezes que forem necessárias para acomodar todos os Implantes planeados.

 

 

3 - Colocação da Prótese/Coroa Dentária

Após a colocação de Implantes Dentários no maxilar, é preciso esperar que o osso os aceite e integre para colocar a Prótese fixa. Este processo é chamado de osteointegração e pode demorar até 6 meses.

No entanto, nos casos em que é viável, é possível colocar uma Prótese provisória logo após a fixação dos Implantes, que será usada durante os primeiros tempos após a cirurgia. Desta forma, o paciente sai do consultório já com a dentição restabelecida. A estrutura definitiva é produzida em laboratório e será colocada semanas ou meses mais tarde, com novo procedimento, também com anestesia.

 

4 - Acompanhamento pós-operatório

Esta é a última fase para entender como é feito o tratamento com Implantes Dentários. Diz respeito ao acompanhamento médico regular. São realizadas consultas periódicas para averiguar os resultados obtidos, para vigiar a recuperação e para sondar o grau de satisfação dos pacientes.

Embora a dor pós-tratamento seja pouco provável, durante estas consultas pode ser receitada medicação para melhorar o conforto do paciente.

 

Pedir Orçamento Gratuito

 

Após a colocação de Implantes Dentários – o que é importante fazer?

Como se trata de um processo cada vez mais simples e rápido, graças aos constantes avanços e ao surgimento de técnicas mais vantajosas, a recuperação após a colocação de Implantes Dentários é fácil e agradável.

Além disso, dados os materiais dos Implantes, a osteointegração costuma ocorrer sem problemas, o que reduz o risco de complicações, como infeções. Ainda assim, por vezes é possível notar algum inchaço na zona operada.

Para lidar com este ou outro inconveniente e para garantir o sucesso do tratamento, além das consultas de avaliação é fundamental seguir alguns cuidados após a Reabilitação Oral com Implantes Dentários, como por exemplo:

  • Colocar gelo na zona intervencionada;
  • Tomar os medicamentos prescritos;
  • Evitar atividades que possam lesionar a zona operada;
  • Realizar uma higiene oral adequada;
  • Ingerir alimentos pastosos ou líquidos nos primeiros dias;
  • Evitar a exposição ao calor na fase de cicatrização;
  • Deixar de fumar.
     

Confie em profissionais experientes para garantir um tratamento com Implantes Dentários seguro e adequado

Mais do que respeitar todas as fases de como é feito o tratamento com Implantes Dentários, é essencial garantir que são realizadas de forma segura. Isto fará com que todo o processo seja tranquilo e sem problemas. Para isso, é muito importante escolher parceiros e clínicas confiáveis.

Na Medway, contamos com especialistas em Reabilitação Oral com Implantes Dentários que realizam o tratamento com toda a segurança e eficácia. Além do mais, executamos as técnicas mais inovadoras e vantajosas do mercado.

Conte com a nossa ajuda para passar pelo tratamento com confiança.

Dr. João Faria Ver mais informações
Médico Dentista, Periodontia, Cirurgia e Implantes
AnteriorQuanto tempo duram as Facetas Dentárias e o que pode fazer para aumentar a sua longevidade?
SeguinteSonha com um sorriso perfeito como as estrelas de cinema?