Marcações: Gaia: 223 754 351 * Feira: 256 802 348 *
Agendar Consulta
Marcação de Consulta
Medicina Dentária

Tudo o que precisa de saber sobre problemas nas gengivas

João Faria Médico Dentista, Periodontologia, Cirurgia e Implantologia

Os problemas nas gengivas são comuns e afetam grande parte da população portuguesa. São várias as causas dos problemas gengivais diagnosticados e as complicações que daí podem advir. Uma simples inflamação nas gengivas pode originar uma gengivite se não for tratada a tempo.

Neste artigo, conheça os principais cuidados a ter com as gengivas, saiba quais os problemas gengivais mais comuns e as suas respetivas consequências.

Porque é tão importante cuidar da saúde das gengivas?

O cenário é comum: quem nunca se deparou, ao escovar os dentes, com pequenas quantidades de sangue oriundas das gengivas? Esse pequeno sangramento é sinal de gengiva inflamada, um sintoma de que algo vai mal com as suas gengivas e que deve ser tratado o quanto antes. É também sinal de que deve consultar um dentista para ter um diagnóstico mais concreto.

Quando há acumulação de placa bacteriana no sulco gengival, uma das consequências é a inflamação da gengiva. Quando não diagnosticada e tratada a tempo, pode evoluir para uma periodontite.

A periodontite pode levar a complicações graves nos tecidos musculares e ósseos da boca e provocar, inclusive, a perda de dentes. Mas, a saúde das gengivas tem também influência em diversas outras partes do corpo. 

O que pode acontecer quando não tratamos das gengivas?

São várias as doenças que se manifestam através das gengivas. Quando diagnosticadas de forma tardia, podem dar origem a complicações de saúde mais graves e que afetam outras partes do organismo além da cavidade bucal.

  • Gengivas inchadas;
  • Gengivas inflamadas;
  • Gengivites;
  • Perda de dentes;
  • Aparecimento de diastemas ou espaços entre os dentes;
  • Retração das gengivas;
  • Mobilidade dos dentes;
  • Agravamento das complicações da diabetes;
  • Modificação do percurso regular de gestação;
  • Problemas respiratórios;
  • Problemas cardíacos.

 

Quais as principais causas dos problemas nas gengivas?

Existem vários fatores, muitos deles desconhecidos da maioria das pessoas, que podem causar problemas nas gengivas: gengivas inchadas, gengiva inflamada, inflamação nas gengivas, gengivite ou periodontite. As causas são várias, sendo que muitas delas podem ser evitadas:

  • Tabaco - além de provocar doenças mortais ligadas aos pulmões, o tabaco é um dos fatores de risco para o aparecimento de gengivites e periodontites.
  • Hereditariedade - Pesquisas recentes apontam que quase um terço da população pode ter propensão a desenvolver doenças nas gengivas por questões genéticas.
  • Menopausa e gravidez - em alturas específicas da vida da mulher, como a gravidez e a menopausa, em que existem alterações hormonais profundas, é essencial cuidar das gengivas. Nestes momentos da vida, as gengivas ficam mais sensíveis e mais suscetíveis a doenças.
  • Stress - este é um fator ligado com frequência ao maior risco de periodontite, além de várias outras consequências. Vários estudos demonstram que o stress dificulta o combate a infeções como as doenças periodontais. 
  • Medicamentação - alguma medicação pode afetar a saúde oral, sobretudo ansiolíticos, anticoncepcionais e medicamentos para problemas cardíacos. 
  • Diabetes - a diabetes é um fator de risco para o aparecimento de doenças como a gengivite e a periodontite. 
  • Má nutrição - uma dieta pobre enfraquece o sistema imunológico do organismo e dificulta o combate a infeções. A má nutrição diminui a capacidade do corpo para combater infeções como a periodontite.
  • Bruxismo - o bruxismo, comummente designado por ranger dos dentes, exerce uma pressão em excesso sobre os tecidos que suportam os dentes, podendo mesmo provocar a sua destruição, o que é especialmente grave em caso de infeções como a periodontite.

Quais os cuidados a ter com as gengivas?

Os principais problemas nas gengivas são provocados pela acumulação de placa bacteriana.

Com alguns comportamentos simples e disciplinados, é simples prevenir o aparecimento de bactérias e inflamações nas gengivas, que podem originar complicações mais graves.

1. Identifique, em conjunto com o seu dentista, um modelo, técnicas e os dispositivos mais indicados para a higienização da sua boca;
2. Marque uma consulta de ortodontia para testar a eficácia da higienização dos seus dentes;
3. Recorde que os elixires bocais não são solução para o problema das gengivas inflamadas;
4. Evite fazer muita força na escovação dos dentes e gengivas, pois podem provocar danos irreversíveis; 
5. A última higienização diária da boca deve ser a mais exigente.

 

Verifique se a sua higienização está a ser efetuada de forma correta e se está a fazer tudo o que precisa para prevenir o aparecimento de doenças nas gengivas. 

Agora que já sabe que a saúde das gengivas é muito importante e que descurá-la pode provocar gengivas inchadas ou inflamadas, gengivites, periodontites ou outras complicações mais graves no organismo, marque já a sua consulta de Periodontologia e confirme a sua condição de saúde gengival.

Em caso de sintomas de inflamação nas gengivas, conte com o suporte dos especialistas da Medway no diagnóstico, tratamento e acompanhamento do seu problema. Trate o problema antes que evolua para algo mais sério.

Artigos recentes

Cuidados especiais com a saúde oral nos meses frios: como cuidar dos dentes no inverno?

Neste artigo, fique a saber como manter a saúde oral no inverno e os cuidados a ter com os dentes nos meses frios.

Saber mais
A idade certa para colocar botox: saiba quando pode ou deve realizar o tratamento

Em que idade se deve aplicar botox? Será que existe uma altura ideal? Conheça aqui todas as respostas agora e saiba quando realizar o tratamento.

Saber mais
Como funciona o implante de carga imediata? Tudo o que deve saber sobre o tratamento

Entenda como ter dentes novos num dia com um implante de carga imediata! Leia este artigo, conheça as vantagens e quem pode realizar o tratamento.

Saber mais